Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ Barra Square Shopping Center, Avenida das Américas 3.555, Bloco 1, Sala 301

6 profissões com diploma que podem deixar de existir em pouco tempo

Separamos 6 profissões que exigem diploma, com mais de 50% de chance de desaparecer nos próximos 20 anos. Confira neste post!

 

Com os avanços tecnológicos é natural que algumas profissões percam espaço e sejam realizados por máquinas. Um processo parecido com esse já aconteceu na Revolução Industrial, quando vários trabalhadores perderam seus empregos para máquinas que realizavam suas tarefas em escalas maiores e com menos tempo.

 

Veja abaixo a lista que preparamos com as profissões que podem deixar de existir em pouco tempo:

1.      Contadores na área de impostos

Cada vez mais, o processo de preparação de declarações fiscais conta com a tecnologia para tornar a tarefa mais fácil. Um exemplo disso é a empresa brasileira Contabilizei, que automatiza e facilita esse tipo de serviço.

2.      Árbitros

Os juízes podem estar com os dias contados. Novas tecnologias já estão sendo incorporadas aos esportes, a fim de facilitar a apuração dos resultados nas partidas de futebol, vôlei, basquete, entre outras modalidades. Com o tempo, a profissão de árbitro será extinta.

Apesar de não precisar de curso superior, para exercer essa profissão, a pessoa é obrigada a fazer um curso e tirar certificação .

3.      Corretor de imóveis

Há quem diga que, em menos de 15 anos, a profissão de corretor de imóveis vai acabar. Isso acontecerá porque as relações comerciais no mercado imobiliário estarão menos burocráticas e não precisarão de tantos intermediários.

Assim como o árbitro, não há necessidade de curso superior, mas é obrigatório fazer um curso e tirar certificação.

4.      Repórter de jornal impresso

Muitos jornais de grande porte nos Estados Unidos deixaram ou estão deixando de imprimir suas edições e optando por produzir apenas conteúdos digitais. A tendência é que isso se espalhe pelo globo e os repórteres tenham que se adaptar a essa nova realidade.

5.      Bibliotecário

Tudo leva a crer que em algum momento essa profissão deixará de existir. Consumimos cada vez mais conteúdos digitais e os livros em papel estão perdendo seu espaço.

Estudantes de robótica da Aberystwyth University, no País de Gales, já desenvolveram um protótipo de um bibliotecário robô. Esse robô terá a capacidade de receber solicitações verbalmente, trabalhar no acervo e ainda levar os alunos nas estantes onde o livro requisitado está.

6.      Desenhista de arquitetura

Essa profissão também tem uma boa chance de deixar de existir no futuro. Não é difícil para uma máquina realizar desenhos nos dias de hoje. Em um futuro não muito distante, o software não precisará mais de alguém com habilidade manual para fazer os desenhos.

Sua profissão está na lista?

Se sua profissão está na lista é melhor começar a se mexer. Alguns estudos dão uma estimativa de até 20 anos para que essas profissões sejam extintas. Existem ainda mais profissões prontas para deixar de existir, porém a maioria delas não exige nível superior, como é o caso de atendente de telemarketing, carteiro e secretário.

Lembrando que é a profissão como ela funciona hoje que será extinta, nada impede que os profissionais se adaptem a realidade e sigam efetuando outra função em sua área de estudo.

Gostou do artigo? Deixe um comentário sobre alguma profissão que você acha que está com os dias contados.

 

Comentários com Facebook
Ligue-me de volta!

Podemos te enviar nosso material digitalizado?


Sim
Não

Preencha o formulário


Aulas grátis de Programação e Photoshop! Deseja participar?


Sim
Não

Preencha o formulário