Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ Barra Square Shopping Center, Avenida das Américas 3.555, Bloco 1, Sala 301

3 softwares que todo designer gráfico tem obrigação de dominar

softwares de designer gráficoExistem alguns softwares que um bom designer gráfico tem a obrigação de conhecer e dominar para realizar suas funções. Selecionamos os 3 principais que você deve aprender para não ficar para trás!

Na comunicação digital dos dias de hoje é preciso saber utilizar muitos artifícios além dos textos para conseguir chamar atenção e passar uma mensagem para o público. Neste cenário, o designer gráfico se tornou uma peça fundamental para qualquer estratégias de divulgação ou relacionamento com os usuários.

Contudo, para que um post para uma determinada rede social seja criado, é preciso recorrer a alguns softwares. Esses programas são para o designer gráfico o que o pincel é para pintor.

Para se ter uma ideia, o simples fato de usar uma imagem em um post para o Facebook resulta em um aumento do engajamento, alcance e conversão quando comparado a publicações que utilizam apenas texto. Vídeos melhoram ainda mais esse resultado.

Por esse motivo o trabalho do designer gráfico é tão importante na criação de campanhas sólidas e geração de resultados.

Além disso, um material gráfico pode ser usado em diferentes meios de comunicação de uma empresa. Uma arte produzida para ser postada no Facebook pode ser adaptada e aproveitada também no Instagram, no LinkedIn ou até mesmo no WhatsApp.

Dessa forma, o processo de criação de conteúdo fica muito mais fácil e abrangente no marketing empresarial.

Agora que você sabe a importância que esses programas têm para um profissional, continue lendo este artigo e conheça os 3 softwares que os melhores designers gráficos precisam dominar para melhorar o desempenho e aumentar a qualidade de seus serviços.

1-Photoshop

Há quase 30 anos no mercado, o Photoshop certamente é o editor de imagens mais conhecido do mundo. Todo mundo já ouviu falar ou ficou sabendo de alguma imagem que foi “photoshopada”.

Os usuários do programa têm à disposição uma série de recursos que permitem editar, modificar e realizar melhorias em fotos e imagens, além de algumas funções de programas vetoriais, retoques, equilíbrio de cores, e vários outros recursos incríveis.

Com todas essas ferramentas é possível criar layouts, montagens de fotos, animações, extrusões 3D e uma série de outras opções que fazem desse famoso programa uma ferramenta essencial para as demandas de um designer gráfico.

São tantas utilidades que várias imagens editadas por usuários do Photoshop ficaram famosas pelo exagero e acabaram se tornando verdadeiras pérolas. Cuidado para não exagerar na dose!

2- Illustrator

Também parte do pacote criativo da Adobe, o Illustrator é um editor de imagens vetoriais utilizado por designers gráficos com foco em ilustrações.

O software é muito abrangente, permitindo a criação e formatação de diversos materiais de divulgação como:

  •         banners;
  •         folhetos;
  •         ilustrações;
  •         jornais e revistas;
  •         postagens em redes sociais;;

.         entre outros.

O Illustrator também disponibiliza recursos para a criação de logotipos e marcas criativas, que são usados em artes gráficas de divulgação nos principais canais de comunicação e marketing de uma empresa, como mídias sociais e propagandas televisivas.

Vale lembrar que os programas da família Adobe são completamente integrados, o que torna possível usar o Illustrator em conjunto com Photoshop, por exemplo, o que facilita muito o trabalho dos profissionais de design gráfico.

3-InDesign

O terceiro e último software da nossa lista também pertence a família Adobe e tem a missão de finalizar o serviço. O InDesign é um sistema de publicação e editoração para preparação, organização e diagramação de publicações eletrônicas e impressas.

O programa permite criar diversas peças gráficas como cartazes, folhetos, revistas, jornais e livros. Além disso, é possível publicar materiais para tablets, utilizando o Adobe InDesign integrado ao Digital Publishing Suite, que também pertence à Adobe.

As ferramentas disponibilizadas no programa auxiliam diretamente nas atribuições do designer gráfico, isso porque o software cria documentos em formato próprio, mas que posteriormente pode ser exportado para outros formatos de impressão, como  EPUB e SWF, que são formatos de arquivos para criar e-books e publicações digitais ou XML e folhas de estilo.

O InDesign é hoje o principal software em uso nas agências de publicidade, jornais, revistas e gráficas. Entretanto, mesmo com as ferramentas de suporte para criação de layouts, o programa acaba não sendo muito útil para criação web.

E aí, concorda com todas os programas da lista? Acha que faltou algum? Deixe um comentário e tire suas dúvidas.

Comentários com Facebook
Ligue-me de volta!

Podemos te enviar nosso material digitalizado?


Sim
Não

Preencha o formulário


Aulas grátis de Programação e Photoshop! Deseja participar?


Sim
Não

Preencha o formulário