A Step Computer Academy é a maior instituição internacional especializada no ensino de Tecnologia da Informação desde 1999 em 20 países pelo mundo. Curso de programação, curso de design, curso java, curso de games, cursos para crianças e mais. Os alunos da Step recebem certificados internacionais inclusos nas nossas formações.

Seu navegador está desatualizado!

Você está usando um navegador Internet Explorer desatualizado. Esta versão do navegador não suporta algumas tecnologias modernas, motivo pelo qual muitas páginas de site são exibidas incorretamente, e nem todas as funções podem funcionar. Recomendado navegar no site usando as versões atuais do navegadores: Google Chrome, Safari, Mozilla Firefox, Opera, Microsoft Edge.

Entenda as diferenças entre C e C++

Um pequeno símbolo “++” surgiu para incrementar o que já era possível na linguagem de programação C, mas você sabe qual a diferença?

 

 

Para quem é leigo em programação, C e C++ podem parecer a mesma linguagem. Contudo, a diferença entre C e C++ pode ser capaz de transformar todo um código de programação. Por outro lado, se você entende alguma coisa do assunto ou é programador e sabe programar em C++, entende também de C.

Não se pode considerar que um seja um subconjunto do outro. Embora, C++ possa ser considerado como uma extensão da linguagem C, os métodos de programação são distintos. Como você vai descobrir a seguir, essa é a principal diferença entre ambos.

 

Afinal, qual a diferença entre C e C++?
 

Como uma extensão do C, a principal diferença do C++ é que ele é orientado a objetos. Já o C é orientado a procedimentos. Assim, é possível dizer que o C++, para a programação, é mais flexível em comparação ao C.

O C é tido como a linguagem tradicional de programação, já consolidada quando o próprio C++ surgiu. Na linguagem informal, entende-se que o C++ é uma versão “melhorada” e até atualizada do C. Ou seja, ele oferece mais recursos e possibilidades ao programadores.

Graças às características do C++, é possível programar de modo misto. Isso quer dizer que se pode escrever tanto códigos orientados a procedimentos quanto a objetos.
 

O que significa “++”?

Muito se perguntam o que o símbolo “++” significa. Na verdade, ele pode ser traduzido pelo palavra “incremento”. Ele traduz, em síntese, um acréscimo, um “algo a mais” em comparação com o C.

O criador do C++, Bjarne Strous, utilizou o “++” justamente para representar o que ele dizia ser um “C com classes”.
 

Quando usar C ou C++?

A grande dúvida de quem está iniciando na programação é quando usar cada uma das linguagens. Quando se programa em C, é possível dizer que é uma “programação em baixo nível”. Com ela o acesso à memória do computador é direto.

Com o C++ também é possível uma programação dita em baixo nível. O que acontece, contudo, é que com ele pode ainda atuar em alto nível.

Falando de forma mais prática, o C é utilizado na criação de sistemas operacionais como o Linux e Windows. Já o C++ é utilizado para outros fins. Ele é muito comum para jogos que exigem alto rendimento e mais complexidade.

Não é possível responder, por exemplo, qual dos dois é melhor para ser utilizado. Cada um, como você pode perceber, possui uma função e é indicado para um caso diferente. O mais indicado é observar qual a real necessidade da máquina, sistema ou programa.

Solicite uma ligação!

Este site usa Cookies

Política de privacidade e informações legais